Avaliação Institucional

Em plena observação da Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, que dispõe sobre o Sistema Nacional da Educação Superior – SINAES, e visando assegurar o processo nacional de avaliação das instituições de educação superior, dos cursos de graduação e do desempenho de seus estudantes, a Faculdade Menino Deus – FAMED constituiu a CPA – Comissão Própria de Avaliação, para avaliar as seguintes dimensões institucionais:

  1. A missão e o plano de desenvolvimento institucional (PDI);
  2. A política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas formas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de pesquisa, de monitoria e demais modalidades;
  3. A responsabilidade social da Faculdade Menino Deus – FAMED, considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social, à defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural;
  4. A comunicação com a sociedade;
  5. As políticas de pessoal, as carreiras do corpo docente e do corpo técnico-administrativo, seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho;
  6. Organização e gestão da Faculdade Menino Deus – FAMED, especialmente o funcionamento e representatividade de seus colegiados, sua independência e autonomia na relação com a mantenedora, e a participação dos segmentos da comunidade universitária nos processos decisórios;
  7. Infraestrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação;
  8. Planejamento e avaliação, especialmente os processos, resultados e eficácia da auto-avaliação institucional;
  9. Políticas de atendimento aos estudantes;
  10. Sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.

 

São objetivos da avaliação:

  1. Promover o desenvolvimento de uma cultura de avaliação na Faculdade Menino Deus – FAMED;
  2. Implantar um processo contínuo de avaliação institucional;
  3. Planejar e redirecionar as ações da Faculdade Menino Deus – FAMED a partir da avaliação institucional;
  4. Garantir a qualidade no desenvolvimento do ensino, pesquisa e extensão;
  5. Construir um planejamento institucional norteado pela gestão democrática e autonomia;
  6. Consolidar o compromisso social da Faculdade Menino Deus – FAMED;
  7. Consolidar o compromisso científico-cultural da Faculdade Menino Deus – FAMED.

 

A Faculdade Menino Deus – FAMED está ciente de que a proposta de avaliação do SINAES prevê a articulação entre a avaliação da IES (interna e externa), a avaliação dos cursos e avaliação do desempenho de seus estudantes (ENADE).

Desta forma, as políticas de acompanhamento e avaliação das atividades-fim, ou seja, ensino, pesquisa (iniciação científica) e extensão, além das atividades-meio, caracterizadas pelo planejamento e gestão da Faculdade Menino Deus – FAMED abrangem toda a comunidade acadêmica, articulando diferentes perspectivas para garantir um melhor entendimento da realidade institucional.

A integração da avaliação com o projeto pedagógico dos cursos ocorre pela contextualização destes com as características da demanda e do ambiente externo, respeitando-se as limitações regionais para que possam ser superadas pelas ações estratégicas desenvolvidas a partir do processo avaliativo.

O processo de auto-avaliação conta com a participação de uma Comissão (CPA) devidamente designada para planejar, organizar, refletir e cuidar do interesse de toda a comunidade pelo processo; com a participação e envolvimento de toda a comunidade acadêmica; com o apoio da alta gestão da Faculdade Menino Deus – FAMED e com a disponibilização de informações e dados confiáveis.

Este grupo é designado pelo órgão diretivo competente da Faculdade Menino Deus – FAMED está vinculado aos órgãos colegiados, e é especialmente constituído para esse fim. A comissão é composta por representantes da comunidade externa, do corpo técnico-administrativo, por alunos e professores e, ainda, por especialistas neutros e alheios à área.

Diversos instrumentos e métodos combinados são utilizados, conforme necessidades e situações específicas, focos e aprofundamentos exigidos pela própria dinâmica de atuação da Faculdade Menino Deus – FAMED.

A avaliação institucional proposta adota uma metodologia descritiva, reflexiva e participativa, buscando trazer para o âmbito das discussões as opiniões de toda comunidade acadêmica, de forma aberta e cooperativa, e se dá globalmente a cada ano ou semestralmente, ou, ainda, a qualquer momento em função de uma necessidade identificada.

Os métodos adotados partem do individual para o coletivo, favorecendo a convergência dos dados em torno de objetivos comuns, bem como a busca compartilhada de soluções para os problemas apresentados.

A metodologia proposta orienta o processo quanto às decisões, técnicas e métodos de forma flexível para, diante de situações concretas, assumir novos contornos, adotar decisões e técnicas mais oportunas e diretamente vinculadas às situações em pauta.

As técnicas utilizadas podem ser seminários, painéis de discussão, reuniões técnicas e sessões de trabalho, dentre outras. Para problemas complexos podem ser adotados métodos que preservem a identidade dos participantes.

A avaliação abre espaço para sugestões e avaliações espontâneas em todos os instrumentos de avaliação interna da Faculdade Menino Deus – FAMED.

CPA – resultados 2017-2